A Visão Evoluiu Apenas Uma Vez em Animais?

 

O novo estudo pode ajudar cientistas a determinar quando a visão evoluiu em humanos. Imagem:Aaron L. Gronstal

O estudo, que usou modelagens por computador para prover um retrato detalhado de como e quando as opsinas evoluíram, lançou luz sobre a origem da visão em animais, incluindo humanos.

A origem evolucionária da visão permanece fortemente debatida, em parte devido a inconsistentes relatos de relacionamentos filogenéticos entre os primeiros animais processadores de opsina.

O Dr. Davide Pisani da Bristol’s School of Earth Sciences (Escola de Ciências da Terra de Bristol) e seus colegas da NUI Maynooth realizaram uma análise computacional para testar cada hipótese da evolução da opsina proposta até hoje.

O olho de uma sépia. Crédito:University of Bristol

A análise incorporou toda a informação genômica disponível de todas as linhagens animais relevantes, incluindo um recentemente sequenciado grupo de esponjas (Oscarella carmela) e dos Cnidários, um grupo de animais que se acredita terem possuído os primeiros olhos do mundo.

Usando esta informação os pesquisadores desenvolveram uma linha do tempo para todos os grupos com um ancestral comum em relação à opsina aparecendo uns 700 milhões de anos atrás. Esta opsina era considerada “cega” até passar por alterações genéticas chave por um período de 11 milhões de anos que conduziu à capacidade de detectar luz.

O Dr. Pisani disse: “a grande relevância do nosso estudo é que traçamos a origem da visão e descobrimos que ela se originou apenas uma vez em animais. Esta é uma espantosa descoberta porque ela implica que nosso estudo revelou, em consequência, como e quando a visão evoluiu em humanos.”

This story was originally published in English.

Publication of press-releases or other out-sourced content does not signify endorsement or affiliation of any kind.